Páginas

segunda-feira, 9 de julho de 2012

O QUE SÃO ECLIPSES?


Eclipses são fenômenos astronômicos relativamente raros, de difícil observação, em que a visão da Lua ou do Sol no céu é radicalmente alterada, tornado-se total ou parcialmente escurecida. Conhecidos desde épocas primevas pela maioria dos povos, as explicações para esse fenômeno suscitaram o exercício da imaginação e deram origem a mitos e lendas em quase todas as culturas.
Os eclipses puderam ser observados pelos primeiros seres humanos e mesmo por nossos ancestrais longínquos na árvore filogenética de nossa espécie. Entretanto apenas há cerca de 4 mil anos foram registrados pelos antigos chineses e também por povos que viviam, então, na Mesopotâmia.
Ao longo da história, os eclipses foram associados a eventos terrenos e serviram, por vezes, como instrumentos para averiguação de teorias, presságios ou mesmo para a opressão de nações inteiras ou para a dominação cultural de outras.
Uma antiga lenda chinesa diz que durante um eclipse solar, um dragão devora o Sol, regurgitando-o algum tempo depois. Entre os egípcios antigos, a explicação não era muito diferente: a Serpente Apófis, — a líder dos demônios e inimiga mortal do deus-sol, Rá —, de tempos em tempos colocava-se desafiadora à sua frente, impedindo sua luz de chegar à terra.
Em quase todas as culturas conhecidas existem lendas e mitos relacionados aos eclipses, assim como muitos relatos de origem duvidosa.
Figura 01:Ocorrência do Eclipse Solar Total

Figura 02:Ocorrência do Eclipse Solar
 Parcial

Figura 03:Ocorrência do Eclipse Solar
 Anelar




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário